}

sábado, 13 de janeiro de 2018

[RESENHA] Café com Amor - Sinéia Rangel

Por Lidiane Medeiros


Olá povo lindo!

Depois de ficar um pouco sumida, voltei com a resenha do livro maravilhoso da autora Sinéia Rangel, um romance lindo de arrancar suspiros.


Café com Amor


Sinéia Rangel
SBN: B073PDH1YC
Ano: 2017 / Páginas: 462
Idioma: português
Editora: Amazon


Sinopse: Maria é uma jovem bailarina que sonha com um amor arrebatador, mas é obcecada por controle, por isso prefere manter-se longe das confusões do coração. Contudo, não há como fugir do amor, assim como não se pode controlá-lo. Entre aventuras e desventuras, ela vai perceber que alguns sentimentos podem ficar adormecidos por anos, e basta um reencontro para reacendê-los, ou podem surgir em um instante e incendiar a sua alma.



Café com amor é um e-book da autora Sinéia Rangel, que conta a história de Maria, uma jovem sonhadora que ama a dança, o ballet é parte de sua vida. Filha de Hannah e João Pedro, pais presentes que apoiam e amam seus filhos, mas também os repreendem e os orientam quando necessário.



"Amada filha, há quinze anos te recebi nos meus braços, você era tão pequenina. Os anos passaram depressa, a pequenina tornou-se uma gigante, cheia de sonhos, não apenas de verão, sonhos de uma vida. Que você nunca desista dos seus sonhos e saiba que mesmo ausente estarei ao seu lado, vibrando a cada conquista. Com amor, mamãe."

Maria sonha com um amor arrebatador, mas ela é obcecada por controle, e prefere não se apaixonar para não magoar seu coração, ela tem muito medo de ter o coração despedaçado por alguém, por isso não consegue se envolver profundamente por ninguém.

"Racionalizo para me esquivar de situações que podem me fazer sofrer. Sou muito boa nisso, por mais que me encante por garotos, não me entrego a ilusão de uma paixão, não sou como as minhas amigas que vivem no extremo, ora estão apaixonadas, ora sofrendo de amor, curto o momento" 

O único que ainda conseguiu mexer com seus sentimentos, foi o Guss, seu amor platônico da escola. Mas quando o carinha resolve lhe pedir em namoro ela diz logo não, por medo de se apaixonar e ter seu coração partido. Com o tempo eles se afastaram e perderam contato.
Mais tarde Maria vai realizar seu grande sonho que é a dança, onde ela é aceita na escola de ballet com a qual sempre sonhou. Ela logo se muda para Moscou na Rússia e vai morar sozinha.
Quando chega à Rússia, ela faz amizade com Anna uma das meninas da escola de dança. Ela é bem diferente de Maria, que é calma e adora ficar em casa, já Anna adora sair e tenta convencer a amiga a fazer o mesmo.

"Estou obcecada com a ideia de encontrar 'o cara' e sem querer estou racionalizando o que deveria ser apenas sentido. Fico com medo de não perceber quando me apaixonar, mas também tenho medo de me apaixonar e fico tentando prever quando, como e com quem vai acontecer, para conter os danos." 

Anna consegue convencer Maria a sair com ela e uma galera, e disse que tem um amigo para apresenta-la, Alexander. Um cara lindo de morrer. Elas vão para um barzinho lugar relativamente calmo e tranquilo, ela logo se enturma com a galera. E é nesse bar que ela vai esbarrar com Nicolai, o garoto que irá arrebatar seu coração, mas ela não sabe.
Um dia, quando Maria está voltando do supermercado com várias compras, acaba derrubando tudo no elevador. Um rapaz a ajuda, e ela fica surpresa ao perceber que é o mesmo rapaz que ela esbarrou no bar. Ela descobre que Nicolai é seu vizinho de porta e ainda por cima é bem sem noção. Ela não gosta nenhum pouquinho do jeito despojado e relaxado dele, o cara é um folgado e metido, um grande bad boy. Nicolai é um personagem totalmente apaixonante, com seu jeito divertido, lindo e sexy, me encantei com ele desde o começo da história. Ele nos arranca várias risadas com seu jeito engraçado de ser. Além de ser tudo isso é um cara de força e determinação, ele tem uma história de vida surpreendente.

"Estou mais confusa que Alice no País das Maravilhas."

Mas as coisas não ficam fáceis para Maria não, o destino não facilita pra ela, pois com Guss voltando seu amor platônico do passado, Alexander querendo entrar em sua vida e um vizinho mais do que charmoso do outro lado do apartamento, pela primeira vez Maria se ver perdida e confusa sem saber o que fazer.

"Nicolai é uma ponta rebelde na minha colcha de retalhos, não sei definir como me sinto em relação a ele, e para ser honesta, não sei distinguir o que sinto por ele e Guss; sendo mais honesta ainda, sinto que posso me apaixonar por qualquer um dos dois, isso se já não estiver apaixonada por ambos." 
"Como diz minha mãe, o que é a vida senão pequenos instantes conjugados em um contínuo? Cada segundo que vivemos soma-se ao seguinte e assim por diante, formando uma grande e extensa colcha de retalhos." 

Como será o desfecho dessa história? O que Maria irá fazer? Ficar com seu amor do passado, se entregar ao cara bonitão, ou entregar seu coração ao seu vizinho, chato, lindo, engraçado e bad boy?

Leiam e descubra...

"Na minha história não sou a Cinderela, afinal essa história foi escrita muitos anos antes. Sou apenas Maria, como tantas outras, e estou feliz que assim seja. Aprendi que às vezes o final feliz não envolve um príncipe pronto para nos salvar e que o “felizes para sempre” pode estar contido em pequenos instantes." 

Café com amor é um romance lindo. Primeiro livro que leio da autora Sinéia Rangel, ela tem uma escrita maravilhosa, a leitura flui rapidamente e é bem divertida. Envolvi-me tanto pela história que tinha a sensação de não está lendo e sim vivendo.
Em alguns momentos tive raiva de Maria, pois é uma personagem bem contraditória, tem momentos que se mostra uma pessoa forte e decidida, sem medo de nada, com uma personalidade forte, e em outros momentos deixava a indecisão tomar conta dela e isso me irritava um pouco. Mas que não fez a história perder seu brilho.
O amor familiar nessa história é de encher os olhos, e nos faz sentir um pouco de inveja de Maria. O amor de seus pais por ela e os irmãos é encantador.
Realmente eu esperava um final totalmente diferente, mas o que Sinéia fez foi dez mil vezes melhor do que eu esperava e me deixou de queixo caído (rsrsrsrs).
Enfim Sinéia conquistou meu coração, quero ler outros livros da autora, mais uma obra nacional de dar orgulho, se você gosta de romance e de obras nacionais não deixe de ler esse livro.

"Se é amor, não tem como ser menos ou mais, é o que é." 

2 comentários:

  1. Adorei a resenha. Parece ser um livro muito lindo e divertido!

    ResponderExcluir
  2. Resenha maravilhosa!!!
    Sou só sorrisos, obrigada.

    ResponderExcluir