}

sábado, 17 de junho de 2017

[RESENHA] Eleanor e Park - Rainbow Rowell

Por: Ana Luiza Berger

Olá pessoal! Hoje trago um romance que vai fazer qualquer um se emocionar e se encantar com os personagens. Apesar de não ser um gênero que leio muito, é um livro que me emocionou bastante com toda sua inocência e sentimento de nostalgia que fez com que eu me sentisse uma adolescente de 15 anos de novo. Simplesmente maravilhoso.


Eleanor e Park

ISBN-13: 9788542801255
ISBN-10: 8542801253
Ano: 2014 / Páginas: 328
Idioma: português
Editora: Novo Século



Sinopse: Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.

O livro conta a história de dois adolescentes que estão no colegial, Eleanor é uma garota ruiva com longos cabelos cacheados que enfrenta grandes dificuldades na vida, sua família estava longe de ser um ambiente agradável, sua mãe, Sabrina representa o papel de uma mulher totalmente submissa e amedrontada por seu marido Richie, um homem violento sem escrúpulos e respeito, onde muitas vezes é violento e agressivo com Eleanor e seus irmãos mais novos, Maise, Mouse e Ben.
Quando começou tudo aquilo? Na outra casa, todos comiam juntos, até o Richie. Eleanor não estava reclamando de não jantar com a presença dele... Mas parecia que sua mãe queria que todo mundo saísse de seu caminho quando ele chegasse em casa.

Park é um garoto nerd, magro, alto, com olhos verdes e pele da cor do sol, amante de Rock que possui descendência asiática e  tem uma vida bem diferente da realidade enfrentada por Eleanor. Uma casa bonita e confortável em que sua família  que o amava e o respeitava.
Ao se mudar com a família após um ano estar fora de casa, Eleanor vai todos os dias para a escola e conhece o garoto com quem que passa a dividir o assento no ônibus a caminho da escola. Park não se simpatiza muito com a garota e passa a ignorá-la, contudo começa a perceber o interesse de Eleanor em suas revistas em quadrinho que ele lê todos os dias no ônibus a caminho da escola.
"Ela andava lendo o gibi dele. Primeiro Park pensara que estivera imaginando coisas. Tinha sempre a sensação de que ela estava olhando para ele, mas, sempre que a olhava, ela estava olhando para baixo. Finalmente, percebeu que ela olhava para o colo dele. Não com sacanagem. Olhava para o gibi, e dava até para ver os olhos dela movendo-se."

Park então começa a levar revistas e até fitas de música para a garota dando inicio a uma amizade que mais tarde vai se transformando em amor. Todos os dias a caminho da escola, após um certo tempo os dois começam a conversar sobre o conteúdo das revistas e das músicas que Park grava para ela, apesar de a realidade do garoto ser bem diferente da dela, Eleanor vê aquilo como seu refúgio de tudo aquilo que vivencia todos os dias em casa. 
"E, o melhor de tudo, tinha as canções de Park na cabeça. E no peito, de alguma forma. Havia algo nas canções daquela fita. Eram diferentes. Causavam um aperto no peito e na barriga. Havia algo de excitante, e algo de angustiante. Faziam Eleanor se sentir como se tudo, como se o mundo, não fosse o que ela pensava ser. E era uma coisa boa. Era a melhor coisa de todas. Quando ela subiu no ônibus naquela manhã, ergueu a cabeça imediatamente para encontrar Park. Ele estava olhando para a frente também, como se a esperasse. Ela não pôde conter um sorriso. Só por um segundo."
Com o passar do tempo os dois engatam em um relacionamento um tanto complicado devido as grandes diferenças de vida que os dois tem, enquanto o garoto vê um mundo de grandes oportunidades e sonhos, a menina vê sua vida como uma bomba relógio capaz de explodir a qualquer minuto e levar todos que estão com ela junto. O dois começam a lidar com essas diferenças e aprender juntos o verdadeiro significado de amor e cumplicidade.

Eu nunca disse que te amo, pensou Eleanor. E, mesmo depois que ele a beijou, ela manteve as mãos no peito dele. 
O livro é delicado, inocente e explora os sentimentos mais puros de um adolescente, nos faz apaixonar pelos personagens não só pelas diferentes personalidades de Eleanor e Park mas também pela maneira como é retratado o relacionamento dos dois ao meio de tantas divergências e problemas que vão gerando a história. O livro é absolutamente envolvente. 
Uma das coisas que chamam a atenção, são os diversos assuntos abordados no livro como revistas em quadrinhos que foram ícones de 1980, ano em que se passa a história e que até hoje são consideradas clássicos, bandas e cantores que faziam grande sucesso em uma época onde se percebe a disseminação de cultura pop no mundo.
É o primeiro romance que me chama a atenção e faz com que eu me apaixone, me trouxe uma grande nostalgia da minha época de colegial e me despertou muita saudade, acredito que a leitura irá despertar tudo isso em vocês e vão conquistar mesmo leitores que não são adeptos a romances.


10 comentários:

  1. Olá Ana!
    Ahhh esse livro é realmente um amorzinho ❤️
    Foi meu primeiro contato com a autora e já estou com outros livros dela para ler. Os personagens que ela cria são incríveis :)
    Adorei a resenha, beijos!

    Books & Impressions

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim!! Eu me apaixonei pelo livro, é tão inocente e lindo. Fico muito feliz que gostou!!

      Excluir
  2. Aparenta um livro simples e profundo tanto em seu enredo principal quanto nos secundários que abordam temas até pesados, inocência de um primeiro amor e o seu enfoque diferenciado da aproximação dos dois.
    Muito boa a resenha, parabéns.

    ResponderExcluir
  3. É um livro muito gostoso de ler, a história é linda. Um dos melhores que ja li, é realmente maravilhoso. ❤ Mas eu ainda não superei o final.

    Amei sua resenha, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb não superei o final mas ameiiii muiti

      Excluir
  4. Dela só li Anexos e amei. Já estou com esse na minha lista faz tempo e quero muito ler ele.
    Gostei de sua resenha, só fez aumentar minha vontade de ler.
    Beijos
    http://recolhendopalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Linda resenha, amei. Parabéns. AH, e eu SIMPLESMENTE AMO ESSE LIVRO. <3

    ResponderExcluir
  6. Amei essa resenha!
    Parece um livro tão fofo e gostosinho que vou adicionar a minha meta desse ano.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Que resenha linda 😍!
    Esse livro esta na minha lista a tempos, tão lindo. E não é segredo que amo um romance adolescente... Parabéns pela resenha, está ótima... Bjoss da Mai 💕

    ResponderExcluir