}

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

ENTREVISTA COM JOANA AMORIM

Por Patricia Christmann


Bom dia amores!
Hoje vim compartilhar com vocês uma entrevista feita com a parceira Joana Amorim.
Autora dos livros Coisas Do Coração e O Milagre de Clarinha. Ambos resenhados aqui no Blog.


Primeiramente queria lhe parabenizar pelo exemplo de profissional que você é! Uma pessoa dedicada e atenciosa! E além de tudo, muito talentosa!
Mas, falando em talento... Quando descobriu que gostava de escrever e que poderia fazer disso uma profissão? Li seus livros Coisas do Coração e O Milagre de Clarinha. Simplesmente adorei! O que sente ao ver alguém lendo seus livros? Ao ver uma criança se deliciando com suas histórias?

 Eu fico não só emocionada como fico muito feliz de verdade.
Crianças são verdadeiras e doces, mas também vejo que a minha poesia está tocando o coração de muitos. Não escrevo de uma maneira formal, escrevo da minha maneira e acho que está dando certo.


Sabe que as mensagens passadas em O Milagre da Clarinha são muito importantes para uma criança em formação. Em que você se inspirou para escrever seus livros infantis?


Quero que a criança tenha consciência da realidade, sonhar faz 
muito bem para a vida, mas acho quer a criança tem que saber diferenciar as duas partes da vida em que elas estão vivendo, um
alerta ajuda e faz com que elas contem para os amiguinhos e assim aprendem juntas.

Quem lhe apresentou ao mundo da leitura? Como isso mudou seu modo de ver o mundo?


Eu aprendi a ler com 5 anos, meu pai começou a me ensinar mas 
faleceu logo em seguida, antes que eu completasse 6 anos. Meu primo Wallace que realmente me ensinou a ler, eu chama ele pelo apelido: Laci. A partir daí comecei a ler tudo que via pela frente, e com 13 anos comecei a escrever meus sentimentos em um caderno e não parei mais.

O que poderia melhorar na educação a partir do incentivo à leitura?


Muitas coisas. Uma delas é a forma de se expressar, de gesticular 
menos, falar mais baixo, com mais calma. O hábito da leitura transforma a nossa educação de simples para sofisticada. Assim podemos
ser mais firmes em entrevistas de emprego e em sociedade conseguimos nos expressar sem medo.

Sei que seu próximo livro Lembranças de um Diário está prestes a sair da editora. Quais suas perspectivas em relação a ele?
Gostaria de deixar um recado para seus leitores?


Acho que vão gostar muito. Tem muito de mim escrito naquelas 
linhas, todos os meus medos, as minhas emoções, minhas paixões e minha alma.
Espero que todos possam conhecer um pouquinho de mim. Meu recado para os leitores é  que nunca desista dos seus sonhos! O impossível não existe para quem corre atras e luta pelo que quer. Um beijo para todos os amorináticos!


Obrigada por nos conceder um pouco do seu tempo!
Sucesso para você!



Um comentário:

  1. Oi, boa tarde!
    Amei a entrevista, é sempre bom conhecer mais os escritores, bjs!

    Refúgio da Ju

    ResponderExcluir